Video Of Day

NOVIDADES-MOLETOM-DE-JIU-JITSU

Breaking News

Como escolher um BOM professor de JIU JITSU?



Como escolher um BOM professor de JIU JITSU?

E ai Guerreiros, tudo certo?

Eu sou o Jaime do muito mais ação jiu jitsu, e hoje vamos falar sobre, o que avaliar ao escolher um professor de jiu jitsu.

Ebook - A Origem do Jiu Jitsu


Bastante gente já me pediu este tema, como escolher um professor de Jiu Jitsucomo escolher uma escola de jiu jitsucomo escolher uma academia de jiu jitsu, e como escolher uma equipe de jiu jiu jitsu. O que se deve levar em consideração. 

ASSISTA NOSSO VÍDEO SOBRE COMO ESCOLHER UM PROFESSO DE JIU JITSU






Eu encontrei o material feito pela equipe do jiu jitsu times, onde eles listam 5 qualidades do professor de jiu jitsu, este material está neste link e está todo em inglês, e dessas 5 eu escolhi 3 das quais eu julgo serem as mais importantes, e no decorrer do texto eu vou explicar por que.

Muita gente tem dúvida do que diferencia um bom professor de jiu jitsu, de mau professor de jiu jitsu, até por que muitas vezes não se tem referência em relação aquilo, no meu caso por exemplo, quando eu comecei eu nunca tinha praticado nenhuma arte marcial, e não sabia diferenciar o bom do mal profissional. Graças a Deus no começo eu tive muita sorte, meu primeiro professor foi o Sensei Reinaldo Packer da Packer Team aqui de Blumenau, que tinha a assessoria do mestre Alcino Seibt, e se reportavam ao grande mestre Paulo Sergio, muito graças a esses caras, que me mostraram o que é Jiu Jitsu de verdade, eles tem uma grande parcela de culpa, por que eu ser apaixonado por Jiu Jitsu. Portanto, eu percebi o quanto é importante você, encontrar o profissional certo no seu inicio no jiu jitsu.
E acredito que o primeiro ponto que precisa ser avaliado em um professor de jiu jitsu, é o conhecimento técnico.


CONHECIMENTO TÉCNICO.



Um bom professor de jiu jitsu, não precisa ser um faixa preta campeão mundial, e muitas vezes, o faixa preta campeão mundial de jiu jitsu não é um bom professor. E aqui eu gostaria de comentar algo que não está no artigo da Jiu Jitsu times, que é a diferença entre ter conhecimento sobre a técnica, e domínio da técnica.


Diferença entre Dominar a técnica do Jiu Jitsu e Conhecer a técnica de Jiu Jitsu


Dominar a técnica, muitos dominam aplicam com perfeição, com rapidez, com plasticidade, perdem raríssimas vezes a posição. Mas agora, conhecer a fundo a técnica, poucos conhecem, poucos conseguem adapta-las para os diferentes biótipos, e mais poucos ainda conseguem explicar com clareza o por que de cada movimento. O por que a mão precisa vir aqui, o por que o pé precisa estar acolá, o por que o quadril deve estar baixo, é isso disso que eu estou me referindo que eu digo que o professor precisa ter conhecimento técnico. 

E não querendo puxar o saco só por que ele é meu amigo, mas se vocês foram assistir os vídeos de posição do meu amigo Feu, do canal Bjjclub Feu, vocês vão entender o que eu estou falando, o grau de detalhes que ele explica quando ele está mostrando uma técnica, mostra um alto nível de conhecimento técnico, e isso eu acredito que seja fundamental para um bom professor de jiu jitsu

E uma maneira para verificar se o professor que você está avaliando tem um com nível de conhecimento técnico, é avaliar a forma com que ele mostra as posições.. se estiver mostrando muito rápido, ou então se ele faz para apenas para um dos lados, se ele mostra a posição sem dar muita atenção dos detalhes e sem explicar os “por ques” da posição, isso pode indicar que o nível de conhecimento técnico, esteja um pouco aquém do esperado.
O segundo item que eu acho fundamental avaliarmos para conseguir encontrar um bom professor de jiu jitsu, é a PACIÊNCIA:

PACIÊNCIA



Se conhecimento técnico que eu falei anteriormente, eu julgo ser muito importante, a paciência é fundamental. Principalmente com os alunos menos graduados, e aqueles alunos novos que nunca treinaram antes. Alguns professores, atravessam as coisas, e acabam apresentando movimentos e técnicas mais elaboradas, e esperam que os alunos com pouca graduação tenham a mesma destreza e a mesma facilidade dos alunos mais graduados.

Este tipo de coisa, acaba frustrando o professor, mas principalmente acaba frustrando o aluno, que não consegue aprender o movimento, e acaba até se questionando se o Jiu Jitsu é realmente pra ele. E isso sem contar, que alguns professores ficam até bravos, irritados, e acabam tratando mal, e muitas vezes até com grosseria e ofensas os os alunos que não conseguem executar a posição que ele está ensinando.

SER UMA PESSOA DECENTE



Muitos por ai, podem até ser excelentes faixas pretas de jiu jitsu, bons professores!, mas fora do tatame são pessoas podres!

Muitos por ai, se escondem atrás do discurso dos princípios das artes marciais, com todo aquele papo de humildade, de respeito ao próximo, mas quando você vai trocar uma ideia com ele fora do tatame, é um baita de um "se achão" e de um arrogante!


Garanto que vocês devem conhecer casos de professores, que humilham os alunos, que tentam forçar barra só por que são mais graduados, e eu vou contar uma história pra vcs... quando eu era faixa azul, quase roxa, em uma academia onde eu treinava, o professor tinha uma instrutor faixa marrom, que ninguém gostava, e ai quando ele entrava no tatame, ele olhava a galera que já estava no tatame, e falava assim: 

"- Oh galera.. Oh galera... faixa marrom no tatame, faixa marrom no tatame, vem cumprimentar..."

Pelo amor de Deus né???? Você vai ser o espelho do seu professor de Jiu Jitsu, em muitos aspectos da sua vida, tanto dentro quando fora do tatame, portanto a escolha por um ser pessoa decente, de bons princípios, e de bom caráter, vai fazer total diferença na sua vida.


Nenhum comentário