Video Of Day

NOVIDADES-MOLETOM-DE-JIU-JITSU

Breaking News

3 maneiras SIMPLES de SAIR dos 100 kg no Jiu Jitsu

COMO SAIR DOS 100 KG NO JIU JITSU

3 Maneiras simples de como sair dos 100 kg no jiu jitsu


E ai guerreiros, tudo certo? 

Aprenda definitivamente como sair dos 100 kg no jiu jitsu! 

Nesta vídeo aula de jiu-jitsu, mostramos 3 maneiras de como devemos sair dos 100 quilos no jiu jitsu.

Ebook - A Origem do Jiu Jitsu

100 kg para iniciantes no jiu jitsu.


A posição de 100 quilos no jiu jitsu, é quando o atleta se posiciona perpendicularmente (de guarda passada), ao atleta que está por baixo, ficando na posição que no jiu jitsu chamamos de "peito com peito", abraçando o adversário e fazendo pressão.

Para os iniciantes de jiu jitsu esta posição é bastante complicado de sair, pois o adversário utiliza o peso da gravidade para auxilia-o a fazer pressão, enquanto isso, o atleta que está por baixo, na grande maioria das vezes faz muita força para conseguir sair desta posição.


Assista o vídeo de como SAIR DOS 100 QUILOS NO JIU JITSU







Se eu conquistar os 100 kilos vale algum ponto?





Não! A posição dos 100 kilos é uma posição de domínio e de vantagem para o atleta que está o exercendo, no entanto não vale pontuação. Alguns talvez não irão concordar com essa afirmação, mas vamos analisar melhor para não deixar duvidas. Muitos acham que o domínio lateral, chamado de “100 kilos” equivalem a 3 pontos no entanto essa analogia está equivocada.

Há uma grande diferença entre um atleta que aplica uma queda no oponente e cai nos 100 kilos, para o atleta que está exercendo uma passagem de guarda e conquista os 100 kilos. Na primeira opção, os pontos que serão atribuídos são 2 pela aplicação da queda e não haverá nenhum ponto pelo controle lateral. Já na segunda hipótese serão atribuídos 3 pontos, mas por causa da passagem de guarda que foi efetuada e não dos 100 kilos em si. Podem ocorrer varias situações em que um atleta executa uma posição e cai no controle lateral, por isso é importante sempre analisar de onde o movimento iniciou se houve ou não uma guarda a ser transposta.

É de suma importância que os atletas conheçam as regras do Jiu Jitsu, coisas assim geram muitas dúvidas até mesmo aos mais experientes. E saber todas as pontuações pode ajudar e muito na hora de sua luta.

Pesados X levinhos



Os levinhos sofrem e muito nessa posição. Seja nos treinos ou nas competições quando esses atletas mais leves se aventuram no absoluto e encontram com caras bem mais pesados que eles já sabem que se deixar os grandões chegarem nessa posição pode não ser uma opção tão favorável, devido a diferença de peso. O cara maior ao dominar os 100 kilos não vai aliviar nem um pouco, pelo contrário vai jogar o máximo de peso que ele conseguir afinal ali é “guerra” e ninguém esta ali de bobeira.


Por isso é tão importante dar a devida atenção nas guardas, uma guarda ativa que bloqueia as investidas do oponente é um excelente meio de evitar os 100 kilos. Um guardeiro nato e um levinho “cabuloso” é o atleta da Alliance, Bruno Malfacine pesando em torno de 57 kilos e medindo 1,62, Bruno é um dos galos mais temidos de todos os tempos. Com uma agilidade incrível e uma guarda muito poderosa ele conseguir frustrar oponentes maiores a todo o tempo.


Na verdade isso é Jiu Jitsu , a arte suave desenvolvida por Helio Gracie tinha esse objetivo, baseado em um sistema de alavancas que daria oportunidades aos considerados mais fracos, de conseguir vencer oponentes bem maiores do que ele, sem grandes dificuldades usando o mínimo de força possível .


E Bruno Malfacine faz isso como ninguém, como pernas ativas e pegadas precisas ele não deixa que seus adversários maiores se aproximem e o selem no chão, pois desta forma ele estariam em grande desvantagem no quesito de peso. Ele desenvolveu um sistema de guardas preciso e versátil que combina vários movimentos confundindo a cabeça do oponente lhe dando vantagens sobre ele.

Como sair dos 100 kilos



O primeiro segredo para sair dos 100 kilos e não deixar chegar nessa posição. Parece óbvio e é mesmo, mas nunca e demais reforçar. Procure trabalhar com os movimentos corretos e pegadas certas aproximando ou afastando o adversário de acordo com cada situação. Seja ofensivo, a melhor defesa é o ataque. Enquanto o cara do outro lado se preocupa em se defender ele ficará mais atento aos seus movimentos do que nos dele e assim abrirá brechas para que você o sobreponha.


Saia na frente, não de espaço a ele e não o deixa pensar demais, coloque seu jogo primeiro e parta para o ataque.


Agora você lutou, fugiu, correu e não teve jeito ele conseguiu os 100 kilos... Agora e hora de ter calma e suar a inteligência ao invés de usar força que nem um louco e ficar desgastado.

Nunca abrace seu adversário


É um dos erros mais comuns de quem está sofrendo com essa posição. É algo instintivo querer abraçar o cara que está por cima, dando a falsa impressão que você está o segurando, mas na verdade não é nenhum um pouco vantajoso ter esse comportamento. O melhor a fazer é proteger seu pescoço, seus braços e procure tentar afastá-lo para que consiga repor a guarda e sair do sufuco.

Fuja o quadril



Outro grande erro cometido é ficar parado, agindo dessa forma você só ajuda seu oponente, posicione uma de suas mãos no ombro e outra do quadril dele do mesmo lado, logo depois o supine e fuja o quadril o máximo que conseguir, para ganhar espaço e repor para uma guarda segura.


Treine varias opções de saída



Além de não ficar parado, você deve saber a maneira correta de se proteger e se livrar dessa terrível posição. Saiba varias reposições de guarda, seja para fechada, aberta, gancho ou meia guarda. Treinar saídas é a melhor forma de sair se por acaso alguém conseguir dominar sua lateral.



Nenhum comentário