Video Of Day

NOVIDADES-MOLETOM-DE-JIU-JITSU

Breaking News

Jiu Jitsu - História de Campeões - Ronaldo "Jacaré" Souza


Ronaldo "Jacaré" Souza

Conheça a história do mito do Jiu Jitsu Ronaldo Jacaré.





Você conhece o Ronaldo Jacaré?


E ai guerreiros, tudo certo? Eu sou o Jaime do Muito Mais Ação Jiu Jitsu, e no nosso vídeo de hoje, vamos voltar com aquela série que vocês são apaixonados! A nossa História de Campeões, eu tinha deixado a série um pouco de lado, porque senão fosse pra mostrar um material bom aqui pra vocês, eu preferia não mostrar, acredito que não adianta vir aqui e fazer uma porcaria de vídeo, eu só posto vídeos dos quais eu acho que realmente está bom, senão nada feito!

Ebook - A Origem do Jiu Jitsu


E eu pensei, esse história de campeões, tem que ser com alguém bom, aliás, muito bom, e o primeiro que veio na minha mente foi ele!
Ronaldo Souza dos Santos, a família chama ele de Roni, mas você deve conhecer como Ronaldo Jacaré, ou simplesmente Jacaré,

Nasceu dia 07 de Dezembro de 1979, hoje dia 13 de abril de 2017, ele tem 37 anos de idade, embora muita gente acredite que Jaca é amazonense, na verdade Jacaré nasceu na cidade de Vila Velha no espirito Santo, e logo depois de nasceu foi para Cariacica e viveu lá até os seus 15 anos de idade. Jaca, sempre foi uma criança muito ativa, de brincar na rua, soltar pipa, jogar bola, roubar frutas nos vizinho na Seasa e tal, e já na adolescência jacaré era uma má influência, sabe má influência, daqueles que a sua mãe dizia pra você assim, “Eu não quero ver você andando com aquele rapaz ali, ele é má influência pra você”. Pois é, jacaré era desses!
Vítima de uma sociedade violenta, que dá pouca oportunidade para a população, e principalmente se você for negro e pobre. Um dos maiores talentos do Jiu Jitsu que já pisou nessa terra, por muito pouco não perde a vida aos 15 anos de idade.

Quando tinham 15 anos Jacaré e seu melhor amigo, que tinha o apelido de Fumim, estavam jogando sinuca em um bar da cidade, quando de repente um cara apareceu apontando uma arma para o amigo do Jacaré, chegou perto, colocou a arma na boca do amigo do Jaca e Atirou, matando ele na hora! Jaca viu tudo, e conseguiu fugir correndo pra casa.

Pouco tempo depois, a mãe de Jaca, a dona Antônia, desesperada com o aconteceu, e com medo que o seu filho Roni, tivesse o mesmo destino do Fumim, Ela tomou a decisão de manda-lo para morar em Manaus, junto a seu irmão Reginaldo que era marinheiro.
Jacaré, que sempre foi uma criança e um adolescente que não obedecia sua mãe e seu pai, e que estava com o destino praticamente traçado para morrer, não questionou a decisão de ir para Manaus, e resolver obedecer sua mãe.
E foi justamente no dia de seu aniversário dia 07/12/1995, que jacaré chegou em Manaus.


Ronaldo Jacaré em Manaus


Jacaré não tinha a menor ideia do que iria fazer em Manaus, a única coisa que ele tinha, era a certeza de estar fugindo daquela realidade de drogas, roubo e violência.
Jacaré começou morando com seu irmão, e dividia a casa com outros marinheiros. Algum tempo depois Reginaldo e Jacaré foram morar em outro lugar, que tinha uma academia praticamente na frente de casa, e foi nessa academia que Reginaldo, o irmão do jaca, decidiu treinar Jiu Jitsu. Algum tempo depois, Reginaldo decidiu convidar o Ronaldo jacaré a assistir uma aula, porém Jacaré não curtiu muito não, não gostava do embolo, e achava a luta muito agarrada, que era muito homem se agarrando e tal..
Porém, o professor Henrique Machado, achou que o Jacaré tinha veia de lutador, e falou isso para Reginaldo.
E uma semana depois, o Reginaldo torceu o joelho, e teve ficar um tempo sem treinar, foi quando o professor Henrique, falou pra ele o seguinte, empresta o teu kimono pro teu irmão, e diz pra ele vir treinar o restante do mês, está pago mesmo, não tem problema...
E para o bem do Jiu Jitsu, o Jacare aceitou!


Ronaldo Jacaré e o Jiu Jitsu


O mestre Henrique, conta que na primeira aula de Jacaré, ele era muito sem jeito, e então pediu pra galera chegar junto e dar uns amassos, pois lembrava do que o Jacare falava sobre ser uma luta muito agarrada e tal... porém o mestre Henrique estava certo, e a veia de lutador do Jacaré falou mais alto, e fez com que ele não desistisse e ele continuou a treinar. E com 3 semanas de treino, o jaca já tinha se mudado para morar na academia, e já tinha decidido que seria um faixa preta, e que iria fazer da luta a sua profissão.
A partir deste momento jacaré respirava Jiu Jitsu, 24 horas por dia. Acordava no tatame, treinava, comia no tatame, e voltava a dormir do tatame. E foi nesse período que o Ronaldo o Roni, ganhou o apelido de Jacaré, a academia onde ele treinava, tinha como símbolo um jacaré, e como ele ficava na academia o dia inteiro, a galera começou a chama-lo de jacaré.
O mestre Henrique era linha dura, era um professor com uma didática diferente do comum, e ele identificou no Jacaré como ele poderia motiva-lo, e cada vez ser melhor, Henrique usava com jacaré praticamente uma psicologia reversa, chegava 1 dia antes da luta, ele olhava para o jaca e dizia assim, cara, vc não vai conseguir ganhar desses caras, não.. ele são bem melhores que vc.. bem maiores, mais fortes.. não vai dar pra ti não... e jacaré ficava pilhadasso com isso, agitadasso, ele não aceitava, e virava o verdadeiro sangue no olhos.
O mestre Henrique fazia o Jacaré treinar muito, muito acima do normal.. ninguém conseguia aguentar essa carga de treinamento, muitos dessistiam, ficavam doentes, mas jacaré não.. ele seguia firme e cada vez mais forte.
O primeiro campeonato que jacaré participou, foi um interno na academia, que ele venceu, mas o primeiro grande campeonato foi um brasileiro de faixa azul, que ele perdeu, e ficou com o segundo lugar.
Mas jacaré não se abalou, ele voltou pra academia, e disse pros amigos, ficarem tranquilos, que tudo na vida dele, ele começou perdendo, e que ele daria a volta por cima.


Ronaldo Jacaré e as competições de Jiu Jitsu


Depois disso, jacaré dispontou, venceu tudo que podia na azul, em 2001 ganhou a faixa roxa e venceu seu primeiro mundial, finalizando todas as 10 lutas que fez, sendo considerado o destaque da competição.
No ano de 2002 na faixa marrom, teve praticamente os mesmos êxitos, venceu todo mundo na categoria do peso, e no absoluto, só parou em um cara, um tal de Roger Gracie, e foi ali nesta luta, na faixa marrom, que nasceu a maior rivalidade da história do Jiu Jitsu.
Em 2003, ainda na faixa marrom, jacaré venceu novamente o campeonato mundial de jiu jitsu na categoria Meio Pesado, e venceu também o absoluto, nessa luta ele ganhou do Lucio Rodrigues o Lagarto da Gracie Barra. Jacaré e Roger não se enfrentaram nesse campeonato, por que Roger já havia recebido a faixa preta e estava lutando em outra categoria.

Após o mundial de 2003 e antes do mundial de 2004, jacaré recebeu das mãos do mestre Henrique Machado a tão sonhada, esperada e merecida faixa preta de Jiu Jitsu.
No ano de 2003, foi a primeira vez que jacaré se testou no MMA, e fez uma luta válida pelo evento Jungle Fight, e acabou perdendo por nocaute aos 3:13 do primeiro roud, para o Jorge Patino Macaco.
Já no mundial de Jiu Jitsu de 2004, que é considerado por muitos, o mais importante mundial de jiu jitsu da história. Repleto de ícones do Jiu Jitsu, como Alexandre Ribeiro, Marcelinho Garcia, Braulio estima, Werdum, terere, e é claro Roger Gracie e Ronaldo Jacaré.
Esses dois, no alge da forma técnica e física, fizeram o que muitos inclusive eu, considerado a melhor luta de jiu jitsu de todos os tempos, válida pela final da categoria absoluto.
Nesta luta, temos a icônica cena, de Roger aplicando um armlock e Quebrando o braço do Jacaré, Jacaré não bateu, continuou lutando com o braço quebrado e venceu por pontos.
Depois deste mundial, o jacaré apareceu definitivamente para o mundo das lutas, fez excelentes lutas, e sempre no jeito jacaré de ser, lutando pra frente, sempre com muita pressão, e buscando a finalização.
No europeu de 2005, jacaré venceu a categoria, e fez a final do absoluto com Roger Gracie, e o Gracie venceu por 2 a 0 com uma raspagem
No ano de 2005, jacaré lutou pela segunda vez o ADCC, e venceu a categoria até 87kg, e no absoluto, chegou até a final, adivinha com quem .... adivinha com que..... isso mesmo.. Roger Gracie, só que nessa o Gracie levou a melhor e apertou o pescoço, do jaca, e venceu por finalização.

E no mundial de Jiu Jitsu de 2005, jaca venceu a categoria, mas o que ele queria mesmo era o absoluto... e no absoluto, ele tinha pela frente o Roger Gracie, e ele venceu, o Roger no finalzinho da luta.

Mesmo sendo campeão mundial absoluto de jiu jitsu, Jaca ainda sofria com o perrengue da grana, não tinha grana, não sobrava grana, e embora o Jaca conseguisse chegar no topo do Jiu Jitsu mundial, ainda não era o suficiente pra ele mudar de vida. E foi por esse motivo que ele decidiu se dedicar ainda mais ao MMA.
Depois dessa decisão, jaca emplacou uma sequência de 12 vitórias, 1 no contest, e 1 derrota, e foi convidado a disputar o cinturão do do peso médio do Strikeforce. Essa luta ele fez contra o Tim Kennedy, no dia 21 de agosto de 2010, e jaca sai vitorioso levando esse cinturão pra casa.


Ronaldo Jacaré e o MMA


No dia 18 de Maio de 2013, Jacaré estreou no UFC, no evento que aconteceu na cidade de Jaraguá do Sul aqui em Santa Catarina, eu estava nesse evento e fui só pra ver o Jacaré lutar. E ele me encheu de orgulho, finalizado a luta no primeiro round com um Katagatame, e de quebra levou o prêmio de finalização da noite. De la pra cá, jaca continua fazendo excelentes lutas, e eu não tenho dúvidas, que em breve ele vai ganhar o cinturão do UFC, e vai encher ainda mais de orgulho a comunidade do Jiu Jitsu, que tanto admira esse guerreiros.

Nenhum comentário