Video Of Day

NOVIDADES-MOLETOM-DE-JIU-JITSU

Breaking News

História de Marcio Feitosa Jiu Jitsu



Márcio Feitosa Jiu-Jitsu


    Márcio Feitosa, um dos maiores nomes do Jiu-Jitsu, é um faixa preta graduado por Carlos Gracie Júnior, sendo também o braço direito do mestre no que respeita a assuntos da Academia Gracie Barra. Um verdadeiro embaixador do esporte, Márcio Feitosa venceu o Campeonato do Mundo de Jiu-Jitsu por várias ocasiões, assim como o ADCC (Abu Dhabi Combat Club), o campeonato de submission mais prestigiante do mundo. Quando a Gracie Barra mudou o seu quartel-general para os Estados Unidos, Márcio Feitosa se mudou também, tornando-se o principal instrutor e líder to time internacional.


Nome Completo: Márcio Feitosa 

CONHEÇA NOSSA LOJA VIRTUAL www.lojammajiujitsu.com.br

História de Márcio Feitosa


    Márcio Feitosa nasceu a 16 de Maio de 1976 no Rio de Janeiro, Brasil. Foi criado numa família da classe alta, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, mas infelizmente o seu pai abandonou a família, deixando Márcio e seu irmão como os “homens” da casa com apenas 12 anos de idade. Márcio treinou duro na academia Gracie Barra desde muito novo, e quando completou 15 anos, o seu mestre Carlos Gracie Júnior, o convidou para ser instrutor auxiliar na academia. Isso permitiu a Feitosa ajudar a sua mãe, dando algum dinheiro, bastante necessário, para pagar algumas contas.

    A ética de treino de Feitosa deu frutos e com 19 anos ele foi graduado para a faixa preta, apenas dois anos depois, escreveu o seu nome no historial do Jiu-Jitsu ao vencer o primeiro Campeonato Pan-Americano de Jiu-Jitsu e o Campeonato Brasileiro. Feitosa venceria o Mundial no ano seguinte se tornando num dos mais fortes competidores da sua geração, vencendo alguns lutadores lendários como Leonardo Vieira, Vítor Ribeiro entre muitos outros.

    Márcio Feitosa é um dos mais conhecidos lutadores de Jiu-Jitsu pelo público brasileiro.


As informações utilizadas que serviram como base desse publicação foram extraídas do site : bjjheroes.com, do próprio site das academias e/ou dos atletas, e de publicações de revistas como Graciemag, tatame, entre outras.

Nenhum comentário