Video Of Day

NOVIDADES-MOLETOM-DE-JIU-JITSU

Breaking News

História de Nino Shembri Jiu Jitsu




“Nino” Schembri Jiu Jitsu 


    Um dos mais espetaculares lutadores a alguma vez ter pisado um tatame, Antônio Schembri, também conhecido pelo seu apelido “Nino” Schembri, foi um competidor de top de Jiu-Jitsu da sua geração. Com uma tecnica apurada este ex aluno de Carlos Gracie Júnior, apareceu no mundo do Jiu-Jitsu nos anos 90 competindo pela Academia Gracie Barra, tendo rapidamente se tornando conhecido no Jiu Jitsu como “o rei da omoplata”, uma tecnica que ele trabalhou e desenvolveu muito, aproveitando a sua elevada flexibilidade e seu jogo ofensivo de guarda. Nino Schembri é ainda hoje considerado por muitos (BJJ Heroes incluído) como dos melhores guardeiros de sempre no Jiu-Jitsu. 

Apelido: Nino, diminutivo de Antônio. Quanto a “Elvis” seu outro apelido, vem de Schembri ser um apreciador de Elvis Presley, o Rei do Rock n’Roll e do fato de que ele tenta imitar alguns dos movimentos de dança do Rei celebrando suas vitórias. 

CONHEÇA NOSSA LOJA VIRTUAL www.lojammajiujitsu.com.br

História de Antonio “Nino” Schembri 


    Antonio Schembri nasceu no dia 1 de Junho de 1974 no Rio de Janeiro, Brasil. A imagem de “Nino” é totalmente o oposto á dos lutadores de Jiu-Jitsu que só arrumavam confusão nos anos 90. Uma imagem que prejudicou o Jiu-Jitsu na época, devido a grupos criminosos do Rio de Janeiro que utilizavam a arte suave para causar encrenca nas ruas. Antônio Schembri foi um dos bons nomes do esporte que lutou contra essa má imagem do “jiujiteiro” ou Pitboy. 

    Vindo de uma família italiana tradicional (seu pai nasceu na Itália), “Nino” Schembri trabalhou nos mercados de rua ajudando seu pai na venda de cobertores e sempre achou difícil viver do Jiu-Jitsu por não ter os recursos de alguns lutadores de classe social mais alta que podiam treinar a tempo inteiro. 

    Conhecido pela sua criatividade e extraordinária flexibilidade, “Nino” foi um verdadeiro revolucionário do esporte, devido ao uso da guarda como principal forma de ataque, sendo a Omoplata e a Gogoplata ou até um começo da agora chamada “rubber guard” alguns dos seus ataques mais famosos. 

    Antonio Schembri se estreou no MMA em 2001, lutando e vencendo o veterano do Vale Tudo e da Luta Livre Johil de Oliveira na maior organização de MMA do mundo naquela época, o Pride FC. Foi por volta dessa altura que “Elvis” Schembri se afastou da sua família na Gracie Barra para se juntar à famosa academia de MMA Chute-Boxe. Treinou com peritos do Thai Boxing por muitos anos, se tornando o seu treinador de chão enquanto aprendia a socar com Rafael Cordeiro. Nesse tempo que passou na Academia Chute Boxe graduou alguns lutadores de MMA, incluindo Maurício Rua para a faixa preta, depois de Rua ter vencido a Final do Grand Prix do Pride UFC na categoria de peso médio. 

    Em 2004 o pai de Schembri tomou a sua própria vida, deixando António devastado. Nos 6 anos seguintes, Schembri se viu a braços com esse terrível acontecimento, apesar de ainda lutar MMA para pagar suas contas. Durante esse período o foco de Schembri estava totalmente fora do ringue e ele não conseguia treinar de forma consistente para se preparar para as lutas, o que fez com que perdesse algumas lutas onde poderia/deveria ter vencido, terminando com um registro pouco lisonjeiro de 5 vitorias e 5 derrotas no final de 2008. 

    Em 2010 Schembri regressou aos tatames vencendo o open Fabio Santos e afirmando numa entrevista ao Podcast Fightworks que estava finalmente recuperado mentalmente do trágico fim de seu pai.

As informações utilizadas como base desse publicação foram extraídas do site : bjjheroes.com, do próprio site das academias e/ou dos atletas, e de publicações de revistas como Graciemag, tatame, entre outras.

Nenhum comentário