Video Of Day

NOVIDADES-MOLETOM-DE-JIU-JITSU

Breaking News

História de Demian Maia Jiu Jitsu



Demian Maia Jiu Jitsu 


    Demian Maia é um faixa preta de Jiu-Jitsu e lutador de MMA, sendo considerado um atleta de topo em ambos os esportes, vencedor de títulos importantes no Jiu Jitsu como a Copa do Mundo (CBJJO – 2002 e 2003) e o ADCC (2007) e tendo disputado o título de peso médio do UFC (Abril de 2010). Demian teve também uma série de 7 lutas consecutivas em que finalizou o seu oponente, uma das mais longas do UFC. Demian Maia foi ainda uma das figuras centrais na cisão que houve na academia Alliance no começo da década de 2000, que deu origem à academia Brasa. 

Nome Completo: Demian Maia Baptista 

CONHEÇA NOSSA LOJA VIRTUAL www.lojammajiujitsu.com.br

História de Demian Maia 


    Demian Maia nasceu em São Paulo, Brasil, no dia 6 de Novembro de 1977. O seu primeiro contato com as artes marciais foi através do Judô com a tenra idade de 4 anos, um esporte que ele praticou por 2 anos. Depois de um período de inatividade, começou fazendo aulas de Karatê e Kung-Fu por sua própria iniciativa. Tinha 12 anos e treinou ambos os esportes até aos 19, altura em que decidiu entrar pro Jiu-Jitsu. A decisão de parar com as artes marciais mais tradicionais (Karatê e Kung Fu) veio depois que ele assistiu a um evento de MMA na cidade de Ibirapuera, onde os 3 representantes do Jiu-Jitsu venceram as suas lutas com facilidade e sem precisarem de se esforçar muito. 

    Começou treinando Jiu-Jitsu na mesma época em que entrou para a Universidade para estudar jornalismo e a sua primeira academia de Jiu-Jitsu foi a de Fabio Araújo (que então era faixa marrom graduado por Carlson Gracie). Demian tomou a decisão de sair dessa academia após decidir que queria se dedicar ao Jiu-Jitsu e possivelmente se tornar atleta profissional (apesar de continuar os seus estudos). 

    Procurou Fabio Gurgel e a academia do seu time, a Alliance, no centro de São Paulo, onde ficou até ser graduado faixa preta, num ritmo impressionantes: 4 anos e 7 meses. Apesar de ser um período de tempo incrivelmente curto para chegar na faixa preta, Demian Maia estava treinando Jiu-Jitsu 2 a 3 vezes por dia e competindo em todas as principais competições (e vencendo), conquistando o título mundial nas faixas de base (roxa e marrom) por dois anos consecutivos). Antes de receber a sua faixa preta, Demian Maia, teve a sua primeira experiencia no MMA, no campeonato “Tormenta Del Ring” na Venezuela em 2001. 

    Demian esteve também no centro de uma mini-revolução que quase causou o fim da academia Alliance, quando em 2002 ele e alguns outros decidiram lutar na Copa do Mundo da CBJJO (Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Olímpico), apenas alguns dias antes do começo do Campeonato Mundial da CBJJ/IBJJF, indo contra as instruções de Fabio Gurgel e Romero Jacaré. 

    A razão para isso foi que CBJJO oferecia premiação em dinheiro enquanto que CBJJ não, e Demian, junto com outros (Rodrigo Comprido, Leonardo Vieira, “Tererê” e “Rico” Vieira) acreditavam que um lutador deveria ser pago por todo o seu trabalho duro. Após a recusa em aceitar as ordens de Gurgel, os lutadores foram penalizados e impedidos de entrar no Campeonato Mundial sob as academia Alliance, além de lhes ter sido recusada a entrada na academia por tempo indeterminado. Tendo recebido essas instruções, os lutadores, liderados por Leozinho Vieira, decidiram formar o seu próprio time, e assim nasceu a academia Brasa. Demian continuou lutando pela Brasa até que decidiu tornar o MMA como sua principal atividade, um esporte em que Maia teve sucesso quase imediato. Passando por uma série de eventos menores, desde o Brasil até à Finlândia, ele acabou assinando pela maior organização de MMA do mundo, o UFC, onde teve uma série fantástica de sucessos, vencendo diversos prêmios de bônus de “Finalização da Noite”. 

As informações utilizadas como base desse publicação foram extraídas do site : bjjheroes.com, do próprio site das academias e/ou dos atletas, e de publicações de revistas como Graciemag, tatame, entre outras.

Nenhum comentário